Empresas brasileiras participam da Design Week México em uma iniciativa do Projeto Brazilian Furniture

 

Mercado mexicano vem apresentando uma crescente demanda pelos móveis produzidos no Brasil

 

A Lot Of, Ornare e Saccaro são as três empresas brasileiras que estarão presentes, de 17 a 23 de outubro, na Design Week México. A mostra, considerada uma das maiores do mundo no segmento de design, tem na edição deste ano o Brasil como país convidado. A iniciativa é do Projeto Brazilian Furniture, voltado à promoção das exportações brasileiras de móveis, desenvolvido pela parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).


Pedro Franco, chief executive officer (CEO) da A Lot Of, entende que o México é estratégico para o mercado de design. “É um importante país emergente que atrai as principais marcas internacionais, que contam com monomarcas ou com distribuidores locais”, analisa, destacando que a Design Week tem reconhecimento internacional por ser um evento que engloba também a conceituação em torno da marca, uma vez que ocorre na ruas e espaços abertos da cidade. “Essa característica contribui para dar visibilidade à A Lot Of, que apresenta produtos com forte identidade englobando um estilo de vida”, pondera.


Para o executivo, participar dessa iniciativa do Projeto Brazilian Furniture representa a estreia da empresa nesse mercado. “O México viveu um grande crescimento imobiliário ao longo dos últimos anos e mesmo com a redução desse ritmo ainda conta com um grande potencial para o segmento de design. A Design Week é uma oportunidade para nos aproximarmos do mercado, conhecermos melhor suas peculiaridades bem como iniciarmos relacionamento com potenciais compradores”, acrescenta Pedro Franco.


Thiago Tadeu, responsável pela gerência internacional de negócios da Ornare, marca que é referência em móveis de alto padrão, informa que a empresa tem conduzido um forte trabalho de prospecção junto aos Estados Unidos, Canadá e México. “Nossa estratégia é baseada no perfil do consumidor desses países, buscando atender às demandas do nicho de mobiliário de alto luxo. No comparativo entre 2011 e o ano passado, registramos um crescimento de 15% em nossas exportações”, destaca.


A empresa apresentará na Design Week seu portfolio de cozinhas, quartos, salas, home theaters e escritórios, com destaque para os puxadores exclusivos assinados por designers brasileiros como Marcelo Rosenbaum e Patricia Anastassiadis. “Nossa expectativa é conhecer mais detalhadamente esse mercado e encontrar potenciais parceiros que também tenham um forte foco em closets e em cozinhas de alto luxo”, detalha Thiago.


A Saccaro, presente em mais de 25 países com mais de 80 lojas, tem no México a origem de 30% de suas exportações. “É um mercado que oferece boas oportunidades e no qual estamos presentes com uma loja-franquia exclusiva da marca na capital e sete galerias, cinco das quais na Cidade do México”, informa Gustavo Scola, gerente de exportação. Na visão do executivo, o estilo de móveis da Saccaro pode ser definido como contemporâneo, com uma grande valorização do design, empregando matérias primas naturais, como madeiras e fibras.


“Nossa proposta se identifica muito com o gosto do público mexicano, um país que tem uma forte oferta na produção de móveis mais populares, mas que é receptivo a produtos mais sofisticados”, diz Gustavo, que na Design Week México lançará sua mesa de jantar Mangue.


Duas iniciativas marcarão a participação do Brasil como país convidado da Design Week México. A primeira delas é a Rota do Design 2013, que percorrerá vários espaços especialmente estruturados em diversos pontos da Cidade do México, entre os quais o “Meet In”, localizado no sofisticado bairro de Polanco. Lá os visitantes entrarão em contato com as novas tendências em móveis e design do portfolio destas três empresas brasileiras reconhecidas internacionalmente.
Paralelamente à Rota do Design, o Projeto Brazilian Furniture promoverá, nos dias 22 e 23, uma nova edição de seu Projeto Vendedor, reunindo os principais importadores, atacadistas, distribuidores, tradings, varejistas e especificadores do mercado. Bertolini, BRV, Itatiaia, Lopas, Santos Andirá, Unicasa, Carraro, Mademóveis, Kiplac, Leifer e Parma são as onze empresas que já confirmaram participação nas rodadas de negócios. No ano passado, o Projeto Vendedor promoveu 152 reuniões que foram responsáveis pela geração de uma projeção de negócios da ordem de US$ 3 milhões.


O México tem sido um dos mercados que registram maior demanda por móveis produzidos no Brasil e integra a relação de países-alvo do Projeto Brazilian Furniture. “Os dados econômicos e comerciais mexicanos são favoráveis e recomendam o investimento em ações diferenciadas e de fomento a negócios como essa que estamos organizando. No comparativo entre o primeiro semestre de 2012 e deste ano, nossas associadas cresceram em 66% o volume de suas exportações para esse país”, conclui João Araújo Neto, gerente do Projeto Brazilian Furniture.