Empresas do Projeto Brazilian Furniture exportaram US$ 69 milhões para nove mercados-alvo em 2012

 

Estados Unidos, Peru e Angola apresentaram crescimento nas compras de móveis produzidos no Brasil no comparativo entre 2011 e o ano passado, com o México sendo destaque

 

São Paulo, 19 de fevereiro de 2013 – No ano passado, importantes mercados-alvo do Projeto Brazilian Furniture registraram aumento na comercialização de móveis produzidos no país. Um caso em particular chama a atenção: o México. As exportações totais de móveis brasileiros para aquele país recuaram em 14% no comparativo feito entre os resultados de 2011 e de 2012.

 

Porém, no mesmo período, as empresas integrantes do Projeto Brazilian Furniture aumentaram em nada menos do que 43% as suas vendas para o mercado mexicano. “Este resultado comprova a eficiência do modelo que adotamos para dar maior visibilidade à indústria brasileira de móveis nos principais mercados internacionais, com base na preparação das empresas e participação em eventos setoriais no exterior”, comenta Adriana Katekawa, responsável pela área de Inteligência Comercial do Projeto.

 

Outros mercados também registraram crescimento. É o caso dos Estados Unidos, com uma evolução de 8%, atingindo a marca de US$ 78 milhões, contra os US$ 72,1 milhões registrados em 2011, números que sinalizam uma gradual recuperação das vendas brasileiras para esse importante mercado que vem se recuperando lentamente de uma grave crise econômica.

 

Outro aumento significativo foi registrado nas vendas de móveis brasileiros para o Peru, que saltaram de US$ 21,5 milhões obtidos em 2011 para US$ 27,4 milhões em 2012, um crescimento da ordem de 27,2%.  As vendas para a Angola também subiram 13%, atingindo US$ 52,9 milhões em 2012 contra os US$ 46,8 milhões do ano anterior.

 

Além do México, Estados Unidos, Peru e Angola, integram ainda a relação de mercados-alvo do Projeto Brazilian Furniture Chile, Colômbia, Emirados Árabes Unidos, Rússia e África do Sul.

 

O setor como um todo cresceu 7,2% para os mercados-alvo no ano passado, em comparação com o ano anterior, alcançando a marca de US$ 208 milhões. As exportações das empresas integrantes do Projeto Brazilian Furniture para os mercados-alvo apresentaram uma crescimento de 7,5 no  acumulado de 2010 a 2012.