Encontro Brasil-México projeta mais de US$ 3 milhões em negócios

 

São Paulo, 01 de novembro de 2012 – Os 35 negócios iniciados durante o Encontro Moveleiro Brasil-México, organizado pelo Projeto Brazilian Furniture e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) nos dias 24 e 25 de outubro na cidade do México, superaram as expectativas iniciais e deverão render mais de US$ 3 milhões às empresas brasileiras participantes.

 

“Prospectamos mais de 363 potenciais parceiros mexicanos, entre importadores, distribuidores e lojistas, e realizamos 152 reuniões durante os dois dias do evento. Três empresas deixaram a capital mexicana com contratos já assinados”, destaca João Araújo Pinto Neto, gerente do Projeto Brazilian Furniture, que tem por objetivo promover as exportações brasileiras de móveis.

 

As companhias nacionais levaram para o encontro um portfolio bastante abrangente do setor, cobrindo desde móveis prontos para montagem (RTA - ready to assemble) para sala, dormitório e cozinha, até os de linha alta, de alto valor agregado e design diferenciado; passando por móveis planejados infantis, para escritório e cozinha. Integraram a missão comercial brasileira as empresas Artefama, Bertolini, BRV Móveis, Caemmun, Carraro, Colibri, Irmol, Leifer, Mavaular, Mademóveis, LineaBrasil, Moval, Multimóveis, Serpil e Unicasa

 

A primeira participação da Linea Brasil no Encontro Brasil-México foi mais do que bem-sucedida. A empresa, sediada no polo moveleiro de Arapongas, no Paraná, fechou dois acordos comerciais no valor total de US$ 150 mil e ainda abriu a perspectiva de novos negócios da ordem de US$ 600 mil para os próximos dozes meses.

 

“Nosso modelo de negócios para atuação no mercado mexicano é através de parceiros e tivemos a oportunidade de nos reunir com 18 importadores em apenas dois dias. O formato do evento, com rodadas de negócios pré-agendadas e visita do comprador ao nosso espaço favorece a realização de negócios, pois acabamos nos encontrando com companhias realmente interessadas em comercializar a nossa linha de produtos para centros de entretenimento em seu país”, explica a responsável pela área de exportação da Linea Brasil, Joyce Akiko Mima Fakeite.

 

No ano passado, o volume total das exportações da indústria brasileira de móveis para 138 países somaram US$ 542 milhões. “Embora as vendas para o mercado mexicano tenham sofrido com a crise econômica mundial, elas vêm apresentando uma progressiva recuperação e um dos objetivos desta iniciativa é justamente consolidar esse processo. Entre os meses de setembro de 2011 e setembro de 2012, considerando apenas o universo de 51 empresas integrantes do projeto, as exportações para o México cresceram 51%. Trata-se, sem dúvida, de um mercado estratégico e repleto de oportunidades para atuação, principalmente por meio de parceiros locais”, destaca Adriana Katekawa, responsável pela área de inteligência comercial do Brazilian Furniture.

 

O embaixador do Brasil no México, Marcos Raposo Lopes, e o segundo-secretário Marcelo Calero, prestigiaram o evento, que recebeu o apoio do Ministério das Relações Exteriores (MRE) para a identificação de potenciais compradores entre as grandes redes de varejo do país, tais como Grupo Coppel, Liverpool, Muebles Troncoso, Muebleria Standard e Sisbra Distribuidora.