Quarta Etapa do Projeto de Sustentabilidade do Brazilian Furniture retoma contato com Polos

 

Nesta fase estão sendo apresentados os resultados dos diagnósticos internacional, nacional e das empresas do projeto

 

A quarta etapa do Projeto de Sustentabilidade  do Brazilian Furniture, realizado em parceria com o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), está em desenvolvimento. Estão agendados seminários para apresentação dos resultados obtidos nas fases anteriores para os polos de Bento Gonçalves, Arapongas, Mirassol, Chapecó e São Bento do Sul.


Nessa etapa, que prossegue até o primeiro trimestre de 2014, estão sendo apresentados os resultados dos diagnósticos internacional, nacional e das empresas do projeto, tendo por objetivo engajá-las na construção de planos de ação em sustentabilidade.


O objetivo do diagnóstico internacional é mapear os padrões de sustentabilidade adotados no mercado internacional de móveis, abrangendo selos e certificações socioambientais para a indústria moveleira; as barreiras técnicas à importação moveleira nos países prioritários e suas normas técnicas, além de experiências do setor moveleiro nacional.


Já o diagnóstico nacional buscou mapear os padrões de sustentabilidade adotados na cadeia do setor moveleiro no Brasil. Esse levantamento incluiu o mapeamento de políticas públicas relevantes para a indústria moveleira e as normas técnicas e certificações ambientais. Aqui também foram analisadas experiências do setor moveleiro nacional.


A fase anterior permitiu diagnosticar as empresas do Projeto Brazilian Furniture, através de um questionário online disponível entre os meses de agosto e de setembro. Das 64 empresas integrantes do Projeto quando do período da pesquisa, 18 participaram dessa etapa e compõem a amostra do diagnóstico.